Trânsito teixeirense | Bastidores

268

Já é hora de tomar uma providencia no que tange a circulação de veículos no centro de Teixeira de Freitas em especial na avenida Mal Castelo Branco (imediações do Faé onde motoristas não fazem mais fila dupla, mas tríplice) e nos cruzamentos das avenidas Presidente Getúlio Vargas com São Paulo (Pão Gostoso), já não há mais engarrafamento e sim trancamento.

Indecisos
A bem da verdade, isso vem ocorrendo há 10 anos, onde os gestores, pensam, pensam e acabam a gestão e não dá tempo de realizar o que pensaram, e agora, se não pararem de pensar e agirem vai continuar do mesmo jeito, e aqui volto a falar do cruzamento da Pão Gostoso onde penso que a solução é retirar a rotatória ali existente e implantar semáforo com temporalizador, vai deixar a pista de rolamento (Getúlio Vargas mais livre e as laterais com maior fluxo.

Vergonha para a Nação
Saiu na mídia nacional a ação entre amigos de vários empresários regionais que se uniram para cumprirem as obrigações do Governo Federal. A ideia foi genial, a ação louvável, mas ao mesmo tempo descabida, pois ao fazerem o papel que não é deles, diretamente acabaram abrindo uma lacuna para completar a falta de compromissos do governo que não ‘olha’ para a BR 101, em especial no trecho que corta a Bahia, pois faz crer que tem cabeça de jegue enterrada por aqui.

Operação tapa-buraco na BR-101
Que deve ser chamada de ‘tapa brecha governamental’. Vale lembrar que os empresários contaram com o apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Detalhe o custo foi praticamente zero diante das vultosas somas que são usadas quando executada pelo governo.

Márvio Lavor volta a ser denunciado ao MPE
O ex-prefeito de Nova Viçosa, Márvio Lavor Mendes, foi multado em R$25 mil por irregularidades em procedimentos licitatórios realizados no exercício de 2015 que visavam a contratação de serviços de limpeza pública, no valor total de R$ 2.017.862,56, e teve como credores as empresas H.S. Prestação de Serviços e TRRR Saneamento e Gestão Ambiental. A relatoria concluiu pela existência de irregularidades nos procedimentos adotados pelo gestor, principalmente em relação a irrazoabilidade dos gastos com o lixo, a ausência de justificativa ou cotação dos preços comprovando a sua compatibilidade com os praticados no mercado e a inexistência de publicidade do 2º Termo Aditivo ao Contrato. Cabe recurso da decisão.

Concurso da PM e Corpo de Bombeiros Militar
As inscrições para o concurso público da Polícia Militar da Bahia e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia têm um novo prazo. Agora, os interessados em concorrer a uma das 2.750 vagas ofertadas para os cargos de soldado das duas corporações têm até o dia 21 de junho para realizar a inscrição. O prazo estipulado anteriormente era até o dia 19. O procedimento deve ser feito exclusivamente pela internet, no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), observando o horário de Brasília. A taxa é no valor de R$ 70.

1 trilhão em tributos
Às 8h de sexta-feira a população brasileira pagou R$ 1 trilhão em tributos. Em 2016, marca foi registrada bem depois (dia 5/7), indicando aumento arrecadatório; para Associação Comercial, essa diferença de 19 dias reflete aumentos e correções em impostos e isenções, receitas extraordinárias e inflação. O valor equivale ao total de impostos, taxas e contribuições pagos pela população brasileira desde o dia 1º de janeiro de 2017.

Impostômetro x arrecadação federal
O presidente da ACSP esclarece que, embora a arrecadação federal tenha caído em termos reais, é o número nominal (sem descontar a inflação) – o mesmo medido pelo Impostômetro – que deve ser analisado. “Nosso painel não mede apenas tributos federais. Também entram na conta os estaduais e municipais. O que temos que observar são os valores nominais, porque os gastos são todos nominais. Você não deflaciona gastos”.

As boas notícias
Devem ser replicadas: Serviços crescem 1% e têm melhor resultado desde março 2016. Em abril, o setor de serviços avançou 1% e registrou o melhor resultado desde março de 2016, quando houve crescimento de 1,2%. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram divulgados nesta quarta-feira (14). “O avanço do setor de serviços em abril é mais um sinal de recuperação da economia”, afirmou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em seu perfil no Twitter. “Serviços era o único componente negativo do PIB no 1º trimestre. O resultado de abril mostra reação desse setor”, observou.