Suzano capacita pescadoras, pescadores e marisqueiras em Caravelas e Prado

167

Iniciativa é voltada para educação financeira, aproveitamento de resíduos de pescados e empoderamento feminino 

A Suzano concluiu a formação de mais de 50 pescadoras, pescadores e marisqueiras no curso de Beneficiamento, aproveitamento de resíduos de pescados e educação financeira realizado em Prado e Caravelas, na Bahia. Durante o mês de outubro, foram capacitados(as) 49 mulheres e dois homens. O curso foi promovido pelo Escritório de projetos regional Bahia e o Programa de apoio à atividade pesqueira do Extremo Sul Bahia, ambos da Suzano, em cooperação com entidades representativas da pesca dos municípios.

As aulas foram ministradas por Cida Pescadora, que possui menção honrosa na ONU pelo seu trabalho na elaboração de produtos a partir de pescados e pelo trabalho de capacitação com mulheres de várias comunidades pesqueiras do Brasil, e pela médica veterinária Simone Santarém de Brito Barreto, que é embaixadora da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) pelas mulheres rurais.

Ao longo da formação os participantes aprenderam sobre aproveitamento e reaproveitamento de resíduos de pescados, agregação de valor ao trabalho e extinção de geração de resíduos na atividade pesqueira. Além disso, as palestrantes abordaram temas como empoderamento feminino, a educação financeira, adequação dos processos de beneficiamento e aproveitamento de resíduos à legislação sanitária e apoio à gestão dos negócios de forma sustentável, adotando-se a caderneta agroecológica voltada à atividade pesqueira.

O curso trouxe um retorno muito rápido para as participantes, segundo Joelma da Silva, da Associação dos Moradores, Pescadores e Marisqueiras da Barra de Caravelas.

“Utilizando os recursos que têm em casa, algumas mulheres já estão produzindo e divulgando o trabalho nas redes sociais, algumas estão participando até de feira agroecológica. A violência doméstica ainda é uma realidade em nossa comunidade e a conquista da autonomia financeira dessas mulheres é muito importante como forma de combate à violência.  Esse curso não gera só renda, mas salva a vida de mulheres que têm a pesca e o mar como a única saída”, afirma Joelma da Silva, da Associação dos Moradores, Pescadores e Marisqueiras da Barra de Caravelas.

Em Prado, o curso foi direcionado para integrantes da Colônia de Pescadores Z-23 do município. Já em Caravelas, participaram mulheres pescadoras e marisqueiras da Colônia de Pescadores Z-25, Associação dos Moradores de Tapera e Miringada – AMTM; Associação dos Pescadores de Rede de Arrasto, Boeira, Fundo e Arraieira de Caravelas – APESCA; Associação de Moradores, Pescadores e Marisqueiras de Barra de Caravelas – AMPMBC.

“Com a inserção de conteúdos voltados para gestão, valorização dos produtos e sustentabilidade, o curso é um importante meio de contribuição para geração de renda das famílias, principalmente das mulheres da região. Alinhado ao direcionador de cultura da Suzano de que Só é bom para nós se for para o mundo, a formação também colabora com o desenvolvimento da região, auxiliando no reaproveitamento de resíduos orgânico, dificuldade enfrentada pelas comunidades, e impulsionando o protagonismo das mulheres”, destaca Douglas Peixoto, Coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano.

Sobre a Suzano

Suzano é referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel. Com 97 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países. Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br. Por Benahia da P6 Comunicação.