Suspeito de matar árbitro de futebol é preso

161

Em setembro, outro suspeito de participar do crime também foi detido. Um terceiro envolvido segue foragido

delegado Cleyson Brene
De acordo com o delegado Cleyson Brene, responsável pelo inquérito policial, o árbitro foi morto em retaliação a suposto abuso sexual(foto: PCMG/Reprodução)

Um homem, de 29 anos, foi preso, nessa quarta-feira (9/11), suspeito de envolvimento na morte de um árbitro de futebol, de 62 anos, em Poços de Caldas, no Sul de Minas, em julho deste ano.

Outro homem, também de 29 anos, estava preso desde setembro suspeito de participar do homicídio. Um terceiro homem está foragido desde o dia do crime.

Segundo a Polícia Civil, o motivo do crime seria em retaliação a suposto abuso sexual por parte da vítima contra um familiar de um dos investigados.“Essa informação foi confirmada tanto pela esposa do preso quanto pela criança, que também foi ouvida na delegacia, confirmando essa versão”, disse o delegado Cleyson Brene, responsável pelo inquérito policial.

Na casa do árbitro, a polícia apreendeu cadernos com escritos de crianças e, até o momento, não foram identificadas outras vítimas.

Ainda de acordo com a investigação, o homem não tinha passagens por crimes sexuais.

Crime

O árbitro de futebol foi encontrado morto dentro da garagem de casa no dia 13 de julho, com um corte no pescoço. Durante as investigações, a Polícia Civil identificou três suspeitos de participação no crime.

Os dois investigados presos estão no sistema prisional em virtude de mandado de prisão preventiva.

O terceiro, segundo o delegado, está foragido desde a data dos fatos.

O inquérito policial será finalizado e remetido à Justiça com o indiciamento dos três suspeitos do crime. Por Bel FErraz / EStado de Minas