Quais são as denúncias que pesam contra o ex-craque da Seleção, Falcão

195

O ex-jogador da seleção, em uma rede social, negou as acusações

247 – O cônjuge de uma funcionária de um flat hotel, localizado em Santos, denunciou Paulo Roberto Falcão à polícia por importunação sexual após se deparar com sua esposa chorando e com medo.

O ex-jogador da seleção, em uma rede social, negou ter cometido assédio e anunciou a demissão do Santos FC. De acordo com informações do G1, a mulher, de 26 anos, relata que Falcão encostou o órgão genital no corpo dela, enquanto estava na recepção do apart hotel. Ela afirmou que câmeras de monitoramento gravaram o ocorrido e que há uma testemunha. O ex-jogador teria pedido desculpa, por telefone, ao síndico do prédio antes de, segundo ela, deixar o quarto e “fugir”.

Por meio das redes sociais, Falcão afirmou: “Em respeito à torcida do Santos Futebol Clube, pelos recentes protestos diante do desempenho do time em campo, decidi deixar o cargo de coordenador esportivo”, disse. Ele ressaltou que o primeiro sentimento dele, ao tomar a decisão, é de defender a imagem da instituição. “Sobre a acusação feita nesta sexta-feira, que recebi com surpresa pela mídia, afirmo que não aconteceu”.

Ainda de acordo com a reportagem, assim que viu o posicionamento que o ex-jogador fez nas redes sociais, e foi publicado pela mídia, de que não havia cometido o crime, ela disse ter sentido raiva. “É tanta mentira. Me dá ódio, medo. Se consegue mentir dessa forma, o que pode fazer comigo?”, questionou.