Prefeitura de Ibirapuã supera investimento em saúde recomendado por lei

196

Atendendo à Lei de Responsabilidade Fiscal, a prefeitura de Ibirapuã apresentou na manhã de quinta-feira (29/5) um relatório resumido de prestação de contas da gestão Rildo Andrade, referente ao período de janeiro a abril deste ano.

O assessor contábil Paulo Almeida contou com muitos ouvintes e representantes da sociedade local durante sua explanação.
O assessor contábil Paulo Almeida contou com muitos ouvintes e representantes da sociedade local durante sua explanação.

A explanação foi realizada na Câmara Municipal pelo assessor contábil Paulo Almeida e contou com muitos ouvintes e representantes da sociedade local. “O relatório é uma forma de dar transparência ao uso do dinheiro público, nele é divulgado quanto a prefeitura arrecada, quando paga e em que investe os recursos. Com essas descrições, fica fácil a população acompanhar a gestão”, afirma Paulo.

Segundo os dados apresentados nos primeiros quatro meses, a prefeitura superou a expectativa de arrecadar R$ 5 milhões e teve de receita mais de R$ 7 milhões. Pagou uma despesa de quase R$ 5,5 milhões.

O relatório mostrou ainda que a atual gestão está investindo 18% do valor arrecadado em saúde, mais do que os 15% determinados por lei. Do montante, 25% têm sido destinados à educação e 51,41% à folha de pagamento dos servidores.

O estudante do 1º ano do Ensino Médio Maxwell Jadson de Farias participou do evento e aprovou a iniciativa. “É muito importante que a população tenha conhecimento sobre essas informações. Foi a primeira vez em que fiquei sabendo como o nosso dinheiro é repartido”, comentou.

Luiz Carlos Soares, também estudante, fez questão de avaliar os dados. “Além de a gente ficar por dentro do processo de gestão, ainda deu para concluir que a prefeitura está trabalhando bem com nosso dinheiro”, avaliou.

O relatório está disponível para qualquer morador na Prefeitura Municipal. Por Fernanda Barros / Ascom PMI.