Português do Dia a Dia

306

Por professor Sérgio Nogueira
‘Tinha trago’ ou ‘tinha trazido’? Veja essa e outras ‘dúvidas eternas’ do português
TINHA TRAGO OU TINHA TRAZIDO?
Vamos voltar a uma dúvida que muita gente tem: uso do particípio.
Alguns verbos apresentam dois particípios. E o que isso significa? Veja os exemplos:
“Não sabia que o poeta HAVIA MORRIDO.”
“Não sabia que o poeta ESTAVA MORTO.”
“Quando liguei para o banco, o gerente já TINHA ACEITADO a promissória.”
“A promissória FOI ACEITA pelo banco.”
Percebeu? Com os verbos TER e HAVER, devemos usar um tipo de particípio (terminado por –ado ou –ido), que é a forma “regular”; com os verbos SER e ESTAR, outro tipo, chamado “irregular”.
Mas será que isso também acontece com o verbo TRAZER? A verdade é que esse verbo só tem um particípio: a forma regular (TRAZIDO)
É inaceitável, portanto, o uso da forma “trago” como particípio: “Perguntou à aluna se ela tinha trago o trabalho.”
Diga sempre TINHA TRAZIDO, HAVIA TRAZIDO, FOI TRAZIDO.
RAINHA ou RAÍNHA?
Você sabe que cargo ocupa Elizabeth Segunda, da Inglaterra? Você escreve RAINHA (sem acento) ou RAÍNHA (com acento)?
Muita gente talvez perca a majestade com essa dúvida. Não é para tanto. Vamos começar separando as sílabas. São três: RA – I – NHA.
E qual é a sílaba mais forte? É a segunda, formada apenas pela letra “i”. A letra anterior a ela é outra vogal (“a”), que está na sílaba anterior. Forma-se assim o que chamamos hiato: duas vogais juntas em sílabas separadas.
Normalmente, quando isso acontece (duas vogais seguidas, em sílabas diferentes), a vogal “i” recebe acento agudo, se ficar sozinha na sílaba ou com “s”. Observe exemplos: sa-í-da, fa-ís-ca, a-ça-í, tra-í-ra, Lu-ís, Lu-í-sa, I-ca-ra-í. Então, resolvido? Ainda não. Veja que é diferente quando, depois do “i”, vêm duas letrinhas, um N e um H (o grupo NH), formando o som que a gente encontra em baNHO, amaNHÃ, viNHO, etc.
Aí é que está o problema. Quando isso acontece, o “I” não recebe acento agudo, como em TAINHA, LADAINHA, MOINHO, BAINHA, FUINHA, COROINHA, etc.
Por isso, nada de trocar seu reino por um dicionário. É bom ter um, mas agora já sabe: RAINHA não tem acento.