Portela termina Baiano Sub-20 em 4º lugar

237

Teixeira de Freitas – Em Pituaçu, o Esquadrão derrotou o Teixeira de Freitas por 2 a 1 e, na decisão por pênaltis, confirmou a terceira colocação do campeonato estadual. No primeiro jogo, em Teixeira de Freitas, o time do interior havia conquistado o resultado positivo pelo mesmo placar.
Na terça (20/6), o treinador Aroldo Moreira colocou em campo Deijair; Cadu, Bolívia, Jaques e Daniel; Luis Fernando, Hugo Ribeiro (Hugo Freitas) e Felipinho; Kaynan (Wesley), Douglas (Shallon) e Júnior Brumado. Os gols no tempo normal foram marcados pelo centroavante Júnior Brumado e o volante Wesley.
O Tricolor, na primeira fase, venceu cinco jogos e empatou três. Na segunda etapa do torneio (quartas de final, semi e 3º lugar), o Bahia venceu três partidas e saiu de campo derrotado em outras três ocasiões.
Campanha do Portela
A chegada do Portela à fase final do campeonato Baiano Sub-20 marcará de vez Teixeira de Freitas no cenário estadual. A campanha histórica fez o time deixar de ser apenas uma expectativa para se tornar uma realidade uma vez que mesmo perdendo a 3ª colocação a equipe teixeirense assegurou uma das vagas para a maior competição de Base do Mundo a Copa São Paulo de Futebol Júnior, evento a ser realizado no Estado Paulista no mês de janeiro de 2018.
A primeira participação na elite estadual, junto com a vaga na Copa São Paulo, serviu para atrair mais torcedores e superar uma resistência ao clube novato existente na estreia, em 2016.
Apesar da média de público como mandante ter sido baixíssima, ainda foi uma das melhores da competição “Houve desconfiança da torcida no começo. Mas pouco a pouco a presença deles foi aumentando. Logicamente não dá para transferir a paixão de uma torcida”, disse o Presidente do clube, Gerson Portela.
Apesar das imensas dificuldades que a diretoria teve, principalmente a falta de apoio do Poder Público que fizeram mil promessas e ficou apenas em migalhas, o elenco não sentiu esses problemas e sempre demonstrou muito profissionalismo em campo.
“Sou um apaixonado pela equipe e como não tinha opção de lazer, passei a ir aos treinos e fazer amizade com os jogadores”, contou Edielson Freitas. O torcedor troca mensagens com os jogadores, conversa com alguns nas redes sociais e, logicamente, é presença certa nos jogos. Segundo ele, a boa campanha não transformou o comportamento do elenco. Todos continuaram humildes e focados no trabalho.
Além da ótima campanha, a participação revelou alguns atletas que se destacaram e com certeza terão um futuro brilhante no próprio clube, a chegada do goleiro Netinho foi primordial e deu uma maior segurança ao setor defensivo, outros atletas se destacaram como o volante Adson sempre regular nas partidas, outro atleta que apesar do erro gritante nas semifinais também teve sua parcela de contribuição foi o capitão Ninho, outro atleta que encheu os olhos do torcedor foi o lateral esquerdo Wanderson que pra muitos torcedores é considerado o melhor da posição no campeonato e lá na frente sem dúvidas o maior destaque foi o decisivo atacante Yago que além de belas atuações, foi um verdadeiro artilheiro quando a equipe mais precisou.
Não poderíamos esquecer o excelente trabalho do treinador Jan Faber que pegou a equipe ainda no início da competição do João Carlos e deu uma nova cara ao time e com certeza teve o retorno esperado pela diretoria. Com informações Ascom Bahia e Portalt1.com