Por unanimidade Padre Edvaldo é eleito Administrador Diocesano

41
Compartilhar

Teixeira de Freitas – O Padre Edvaldo Santana, pároco da Igreja Matriz de Nossa Senhora de Fátima, em Itamaraju, foi eleito no final da manhã de sábado (8/4), pelo Conselho de Padres da Diocese Teixeira de Freitas/Caravelas como o novo Administrador Diocesano da Igreja Católica nos 13 municípios do baixo extremo sul da Bahia em substituição a transferência do Bispo Dom Carlos Alberto, até a nomeação para o cargo de um novo bispo pelo Papa Francisco.

O Bispo Dom Carlos Alberto dos Santos, da Diocese Teixeira de Freitas/Caravelas, onde foi dirigente por 10 anos, celebrou sua última missa na noite de quarta-feira (5/4) com a inauguração da Catedral Diocesana São Pedro e a realização do Rito de Dedicação da Igreja e do Altar e já na quinta-feira (6/4), tomou posse como o 5º Bispo da Diocese de Itabuna para onde foi transferido.

Até o Papa Francisco não nomear um novo bispo para a Diocese de Teixeira de Freitas/Caravelas, a Igreja Católica na região será administrada por um dirigente eleito pelo Conselho dos Padres da Diocese e no sábado em Teixeira de Freitas os 7 padres diocesanos do Colégio de Consultores da Igreja Católica se reuniram na Casa Paroquial da Igreja São José Operário, no bairro Monte Castelo, em Teixeira de Freitas e por volta das 11h saiu o resultado, onde elegeram por unanimidade o nome do Padre Edvaldo Santana como novo administrador diocesano.

O padre Edivaldo Oliveira Santana é pároco da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, em Itamaraju, há quase 10 anos e também foi pároco da Igreja de São José Operário de Itabatã e na Igreja São Francisco em Teixeira de Freitas. É um dos religiosos mais prestigiados da Igreja Católica na região e um sacerdote amável, educado, de notório saber religioso e dedicado à igreja, aos fieis, as causas sociais e goza de grande prestigio da população regional.

“Rezemos pelo Padre Edivaldo e pelo Colégio de Consultores para que a diocese de Teixeira de Freitas/Caravelas continue dando passos seguros para o Crescimento da Igreja Católica e Difusão do Evangelho”, ressaltou o Padre Roberto Pereira, pároco da Igreja de São Pedro, em Teixeira de Freitas. (Por Athylla Borborema).

Compartilhar

Faça um comentário!