Muito elogiado, major Calmon deixa comando da 44ª CIPM e assume 43ª, em Itamaraju

330

Na tarde de quarta-feira, 16 de novembro, ocorreu, no salão nobre da Câmara de Vereadores, em Medeiros Neto, a solenidade de troca de comando da 44ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM). Diversas autoridades civis e militares, familiares, amigos e parceiros da região prestigiaram e cumprimentaram os comandantes substituto e substituído.

A transmissão do cargo foi prestigiada pelo Coronel PM Inácio Paes de Lira Júnior, comandante do policiamento regional sudoeste, e ainda contou com a presença do tenente-coronel Osíris Cardoso, diretor do Complexo Penal de Teixeira de Freitas, dr. Kleber Gonçalves, coordenador da 8ª Coorpin, Milton Ferreira Guimarães, prefeito de Itanhém, Jocenando Almeida, vice-prefeito eleito de Medeiros Neto, vereadores, entre outros.

Foi feita a leitura dos atos oficiais de exoneração do major Calmon, bem como a nomeação do major Leão para assumir o comando da 44ª CIPM. Na sequência, foi realizada a passagem formal.

Ao discursar, o major PM Robson Lopes Calmon citou diversas passagens bíblicas para embasar suas palavras, dentre elas, o versículo 9 do capítulo 16 do livro de Provérbios: “O coração do homem considera o seu caminho, mas, o Senhor lhe dirige os passos”, além de uma passagem de Jeremias que fala sobre os bons pensamentos do Senhor para os Seu povo, com a qual ilustrou o fato de que os objetivos dele para o comando da 44ª tinham sido todos alcançados. “E os objetivos que tanto desejei aqui nesta cidade estão sendo concretizados desde o dia que aqui cheguei, em abril de 2012, até agora. Tudo que foi conquistado pelo comando da 44ª Companhia demonstra todo esforço, dedicação, empenho, compromisso, comprometimento e trabalho, não só de minha parte, como também de todos os meus oficiais e praças”, concluiu citando diversos nomes de PMs mais próximos que auxiliaram durante seu comando.

Fez um balanço trazendo os números de ocorrências durante os quase cinco anos a frente da Companhia que abrange cinco municípios. Merece destaque a “elevação substancial das estatísticas de prisões e apreensões, de 2015 a 2016. Tivemos em quase cinco anos de gestão 78 homicídios, em área de cinco municípios sob a responsabilidade da 44ª CIPM”. Major Calmon citou, ainda, que foram 164 tentativas de homicídio, 485 lesões corporais, 317 agressões físicas, 290 ocorrências de violência doméstica, 382 de ameaça e 38 de estupro, totalizando 1754 ocorrências contra a pessoa durante seu comando. Ele prosseguiu citando: 1085 ocorrências contra costumes, que são embriaguez, perturbação do sossego, dentre outros crimes, além de outros tipos de ocorrências também faladas pelo major.

O major Calmon, ao fazer o uso da palavra, agradeceu as autoridades, convidados, familiares, policiais militares, que com suas presenças abrilhantaram a solenidade. O major ainda fez um balanço da sua gestão e agradeceu o apoio da tropa e da sociedade medeirosnetense durante seu comando e desejou boa sorte ao novo gestor.

Houve a leitura de um “Elogio de oficial superior”, assinado por Marcelo Luís Brandão Teixeira, coronel PM comandante do Quartel de Comando do Policiamento Regional de  Itabuna, para o major Calmon:

“Conforme publicação no Diário Oficial da Bahia de 30 de março de 2012, assumiu o cargo de comandante da 44ª CIPM. Hoje, a completar 4 anos, 8 meses e 16 dias, deixa o comando da supracitada nacional, sabedor de que cumpriu sua missão com responsabilidade, intrépido, competente e eficaz, desempenhou sua função demonstrando atenção e cuidado especial à missão que lhe foi confiada, portanto, o major PM Calmon, no comando da 44ª CIPM, empenhou-se nas atividades operacionais, no atendimento às necessidades da população. Aplicado, atencioso e cuidadoso quanto aos problemas da comunidade do município em seu comando, também proporcionou aos seus comandados condições dignas pra o bom desempenho do serviço policial militar e a valorização do profissional, aproximando a PM da comunidade, junto ao escalão parceiro, atendendo ao objetivo da nossa instituição da Polícia Militar da Bahia, buscando, ainda, o melhor caminho pra cumprir sua missão, de maneira responsável e íntegra, objetivando reduzir os índices de violência no município. Destarte, pelo empenho, capacidade e competência, também diante da dedicação no seu mister, correspondendo às expectativas da Polícia Militar da Bahia e atendendo aos anseios da comunidade, este comandante de Policiamento Regional Sul, por dever de justiça, resolve elogiar individualmente o major Robson da Silva Calmon pelos excelentes serviços prestados à população no período em que esteve no comando da 44ª Companhia Independente de Polícia Militar.” Por Jornal Alerta