Filho do vovô do tráfico é apreendido com drogas pela Operação Concórdia

222

Teixeira de Freitas – Na noite de domingo, 13 de março, policiais militares do Peto que compõem a Operação Concórdia realizavam rondas de rotina pelo bairro Irmã Dulce quando, ao transitarem pela travessa Chico Mendes, avistaram um adolescente que vendia drogas. Ele tentou fugir, mas, foi abordado e questionado sobre o que estava fazendo no local. Bastante nervoso, não conseguiu justificar sua presença na rua e apontou aos militares onde estariam escondidos entorpecentes.
O suspeito era um adolescente de 15 anos, natural de Teixeira de Freitas e que reside no Irmã Dulce. Os militares foram até uma construção abandonada, após buscas, encontraram 36 pedras de crack já embaladas e prontas para comercialização e uma pedra bruta da mesma substância pesando aproximadamente cinco gramas e, que, depois de cortada, poderia render o total de 20 pedras para serem comercializadas.
O menor foi apreendido e, juntamente como o material, conduzido à sede da Delegacia de Polícia Civil, onde o caso foi registrado. O adolescente é filho do senhor Antério Ferreira Neto, de 63 anos, o “vovô do tráfico”, que foi preso por policiais do Ceto, hoje Peto, com drogas e também com um cálice de igreja no Castelinho. Em entrevista à nossa reportagem, o adolescente, que já havia dito em conversa que era o dono da droga, negou a propriedade e disse que estava apenas próximo ao local, mas, não soube dizer de quem seria.
O menor também disse que já foi conduzido outra vez por furto de um tablet, mas, disse que, na época, também não devia nada. O caso foi apresentado ao delegado plantonista Manoel Andreetta, que ouviu os militares, solicitará a presença dos responsáveis pelo menor e deverá lavrar um ato infracional em desfavor do adolescente, que na próxima segunda-feira (14) será apresentado ao Draco/DTE, sob a responsabilidade do delegado titular Marco Antônio Neves, para uma investigação mais aprofundada. Por: Rafael Vedra/Liberdadenews.