Domingos de regresso

286

“A insatisfação é o primeiro passo para o progresso de um homem ou de uma nação.” (Oscar Wilde). Pois bem: Teixeira grita aos quatro cantos que está insatisfeita com a decisão esdrúxula do Sindicato dos Empregados no Comércio (Sindec) de proibir as lojas do Shopping PátioMix de abrirem aos domingos. Pena, neste caso, ser necessário que pessoas específicas ouçam nossa voz e a transforme em evolução: manter as lojas abertas como em todo shopping deve ser!
Durante a semana, a fan page do shopping divulgou os horários de funcionamento para o final de semana: sábado – lojas e quiosques abertos das 10 às 22h e domingo, das 15 às 21h. Mas, para a desagradável surpresa da população sedenta por lazer e por fazer umas comprinhas para espairecer e que deixou para ir no domingo, dia mais tranquilo para quem trabalha a semana toda, tudo estava fechado, exceto a praça de alimentação e brinquedos.
Conforme o Sindec, o funcionamento do shopping aos domingos não está previsto na Convenção Coletiva 2014/2015. Porém, sabemos que este regresso econômico é problema antigo em nossa cidade, graças a pensamentos arcaicos de uns e outros. Certa vez, o antigo Bretas foi alvo, inclusive, de moção de repúdio na Câmara, em outro governo, porque abria aos domingos, desrespeitando a mesma regra ridícula que proíbe supermercados, açougues e afins de abrirem neste dia. Na ocasião, o supermercado, que até contratou cerca de 30 funcionários para fazer rodízio e obedecer a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), conseguiu na Justiça liminar para abrir aos domingos, mas, perdeu o direito depois.
Teixeira de Freitas tem engasgada na garganta o fato de não ter um supermercado no shopping que é o único PátioMix do Nordeste, prevalecendo a lei que impede que donas de casa, trabalhadoras, possam fazer suas compras sem correria, aproveitando o sábado para pôr sua casa em ordem porque tem o domingo para fazer a ‘feira’. Este município precisa evoluir, pena que antes é preciso que a evolução aconteça em muitas mentes.
Vamos a uma questão de lógica: quiçá, todos os shoppings do mundo abrem suas lojas aos domingos; em todas as cidades desenvolvidas têm supermercados abertos aos domingos, logo, Teixeira não é desenvolvida!!! Gente, se, por ventura, os direitos dos trabalhadores contidos na CLT estiverem sendo infringidos, cabe a eles denunciar e o órgão competente tomar as medidas cabíveis. Mas, travar o desenvolvimento econômico de uma cidade e boicotar o lazer das pessoas é absurdo.
Esta atitude está impedindo a geração de emprego, porque as lojas contratariam mais pessoal para rodízios de funcionários, ou, pagariam todos os adicionais necessários para quem se prontificasse em, por ventura, trabalhar initerruptamente com folgas estratégicas semanais. Além disso, é bom frisar, que está ainda atrapalhando o lucro do shopping e de quem trabalha com a praça de alimentação, pois, uma pessoa sendo sabedora de que as lojas estão fechadas, não irá para o PátioMix comer, porque quase todas as lojas da praça de alimentação tem estabelecimentos no Centro da cidade, o que faz o consumidor optar por economizar gasolina.
Ah! O cinema também fica aberto, então, se o filme não tiver em cartaz no Teixeira Mall, pode ser que um ou outro vá lá para isso.