Dia da Consciência Negra é marcada por apresentações de estudantes

245

Teixeira de Freitas – Os estudantes da rede municipal de ensino de Teixeira de Freitas deram um show de cultura na manhã de quinta-feira (20) nas comemorações que marcaram o Dia Nacional da Consciência Negra. A data é uma referência a Zumbi dos Palmares, símbolo da luta contra a discriminação racial, e a programação foi promovida pelo Governo Municipal, através do Departamento de Cultura.
O diretor do Departamento, Ramiro Guedes, destacou no evento que a data é uma resistência contra todas as formas de discriminação e afirmou, poeticamente, que “a cor da pele não pode influenciar em nada, o homem é livre para traçar o seu próprio destino, nós somos escravos e passageiros da liberdade”.

Comemoração ao Dia da Consciência Negra.
Comemoração ao Dia da Consciência Negra.

De acordo com o coordenador de Cultura Afro do município, Wesley Limos, o objetivo do evento foi a “quebra de paradigmas”, pois “cultura é algo que abrange a todos”. Para isso, os estudantes da rede pública fizeram o dever de casa direitinho, e apresentaram um misto de arte e consciência social.
A comemoração recebeu o nome “Ko to owo méji keba”, e contou com a apresentação da Orquestra 9 de Maio, formada por estudantes da rede municipal. Em seguida, foram apresentados os números “História dos Povos”, pela Escola Municipal Alcenor Barbosa; “Escola, Dança e Carnaval”, pela João Mendonça; “Escola Culinária”, pela Gilberto Cardoso, “Costumes e Tradições” pela Sheneider Correia; “O Negro Hoje”, pela Escola Municipal Antônio Chicon Sobrinho e a finalização ficou por conta da Exposição de Maquetes da Escola Municipal Clélia Figueiredo Pinto.