Carroceiro de 73 anos é assassinado a facadas e teve a orelha arrancada

90
Compartilhar

Teixeira de Freitas – O homicídio aconteceu na noite de quinta-feira, 27 de abril, por volta das 22h, na rua Coqueiro, no bairro Caminho do Mar 2. A vítima foi identificada como: Diogo Alves de Oliveira, de 73 anos, que foi encontrado morto na cozinha da sua casa. Segundo informações, ele trabalhava como carroceiro e morava sozinho, no referido endereço. A Polícia Militar foi informada através da Central e uma guarnição foi deslocada ao local do crime.
Os militares chegaram na residência da vítima, confirmaram o fato, preservaram a área e acionaram a Polícia Civil, que foi representada pela delegada Waldiza Fernandes, e sua equipe, a qual realizou o levantamento cadavérico e solicitou perícia no local da ação criminosa. Os peritos do Departamento de Polícia Técnica, Bruno Melo e Lucas Saraiva, realizaram os trabalhos periciais no local da ação violenta. A vítima foi assassinada a facadas. Segundo os peritos, o assassino ainda arrancou a orelha direita da vítima.
Ainda de acordo com a perícia, foram constatadas três perfurações do lado esquerdo do pescoço. No local ninguém soube informar como o crime aconteceu, prevalecendo a “Lei do Silêncio”. Apenas disseram que a vítima era uma pessoa trabalhadora. Moradores ficaram revoltados com tamanha crueldade com o idoso.
Uma imagem chamou a atenção da nossa equipe, no quintal do imóvel estava duas carroças e o cachorrinho da vítima, que estava preso a uma das carroças e parecia desconsolado.
A delegada instaurou inquérito policial para investigar motivação e autoria do crime. Como a casa estava toda revirada, a hipótese de latrocínio não está descartada pela polícia. O corpo foi removido ao IML, onde passou por exames de praxe e liberado para o sepultamento. Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews.

Compartilhar

Faça um comentário!