Bandido que matou professora é apresentado à imprensa

254

O assaltante João Paulo dos Santos Santa Rosa, o “Bu”, de 18 anos, que matou com um tiro na cabeça a professora universitária Anamaria Morales, de 60 anos, durante uma tentativa de assalto, na avenida das Dunas, em Itapuã, 16 de março, foi apresentado à imprensa, na manhã de sexta-feira (4/4), no auditório do edifício-sede da Polícia Civil, na Piedade.  Na quarta-feira (2/4), ele apresentou-se na 12ª Delegacia Territorial (Itapuã), acompanhado de um advogado.

Depois de atirar em Anamaria, “Bu” fugiu do local juntamente com Pablo e Darlei, sem levar nenhum pertence da vítima.
Depois de atirar em Anamaria, “Bu” fugiu do local juntamente com Pablo e Darlei, sem levar nenhum pertence da vítima.

Com prisão temporária decretada, foi indiciado em inquérito policial por latrocínio, pelo titular da DT/Itapuã, delegado Antônio Carlos Magalhães Santos, que já havia prendido outros dois ladrões (identificados como Pablo Santos Viana Moura, de 20 anos, e Darlei Santos Santana, de 19 anos) envolvidos no crime e também indiciados por latrocínio. “Bu” vai responder ainda por tentativa de homicídio por ter atirado em um policial civil, que tentou prendê-lo, durante a fuga.

O titular da 12ª Delegacia Territorial, que conduziu a apresentação, apurou que, logo após o crime, “Bu” fugiu para Maragogipe, ficando escondido na casa de parentes. “Realizamos incursões diariamente em vários endereços onde ele poderia estar, como casa de familiares e amigos, forçando-o, com a persistência, a se entregar”, salientou o delegado.

Ao confessar o latrocínio, afirmou que, juntamente com dois comparsas, pretendia roubar o veículo da vítima, abordada logo depois de sair do CrossFox. Acrescentou ainda que a professora reagiu, quando ele e Pablo tentaram lhe tomar a bolsa, sendo baleada na cabeça.

Darlei permaneceu a poucos metros de distância, dando cobertura aos parceiros. Depois de atirar em Anamaria, “Bu” fugiu do local juntamente com Pablo e Darlei, sem levar nenhum pertence da vítima. Enquanto a arma utilizada no crime é procurada pela Polícia, “Bu” está sendo encaminhado ao Complexo Penitenciário da Mata Escura. Fonte: Ascom/PC.