SOInt da 87ª CIPM estoura sítio e encontra mais de 180 kg de maconha

21
Compartilhar

Teixeira de Freitas – Na manhã de quinta-feira, dia 06 abril, o Setor de Operações de Inteligência da 87ª Companhia Independente de Polícia Militar de Teixeira de Freitas, comandada pelo major Sílvio Nunes e o capitão Klaus, desencadeou uma operação e foi a campo finalizar trabalhos e levantamentos que duraram mais de 15 dias.

O SOInt recebeu uma denúncia anônima, informando que um sítio, as margens da BR 101, era usado como depósito e ponto de distribuição de drogas. Então, o Setor de Inteligência localizou o sítio, mapeou a área e montou a estratégia de ação e, equipes do SOInt, coordenador de Área da 87ª e policiais do 1° e 3° Pelotão saíram em diligência e foram até o local. Foi montado cerco na área, e os militares se aproximaram do imóvel e, após buscas, lograram êxito e encontraram uma grande quantidade de drogas.

Diversas caixas estavam no local, e por fim, mais de 180 kg de maconha foram encontrados na ação. Além da maconha, foram encontradas três balanças de precisão e um rolo de plástico filme. No local nenhum suspeito foi encontrado, apenas as drogas, que foram apreendidas e conduzidas à sede do Núcleo de Homicídio e Tráfico/ N.H.T.

O caso foi registrado e apresentado aos delegados Bruno Ferrari e Ricardo Amaral. Segundo informações dos policiais, o local é de difícil acesso, e acima de qualquer suspeita, e pela estrutura encontrada, o local vinha sendo usado há muitos meses pelos traficantes. Segundo informações apuradas por nossa equipe de reportagem, a apreensão desses mais de 180 kg de “maconha” é a maior apreensão de drogas de Teixeira e da região do Extremo Sul. O Subcomandante da 87ª CIPM, o Capitão Klaus, esteve na da Delegacia, e representando o Major Sílvio Nunes, que parabenizou a ação dos militares. O caso foi recebido pelos delegados do N.H.T, que irão realizar os procedimentos de apreensão e poderão desenvolver diligências a fim de localizarem o proprietário do imóvel e possíveis suspeitos. Por: Rafael Vedra/Liberdadenews.

Compartilhar

Faça um comentário!