Cheque em branco I | Bastidores

15
Compartilhar

Cheque em branco I
É comum no início de mandato os prefeitos solicitarem das Câmaras de Vereadores o já famoso “Cheque em Branco”, e que, na maioria das vezes, embebidos pelo glamour legislativo os nobres edis o concedem ao executivo sem saber das consequências futuras do ato, pois com a liberação, a Câmara perde parte de sua autonomia e quando percebe o desastre do ato o rombo já é grande, o que tem inviabilizado a gestão de seus sucessores e aí não dá mais pra chorar o leite derramado.

Cheque em branco II
Mas em Alcobaça uma vereadora atenta e de forma simples chamou a atenção de todos ao requerer que o executivo esclarecesse melhor o Projeto de Lei de nº 001/2017, pois segundo a vereadora o Projeto de Lei é uma autorização para que o município possa contrair empréstimos…
Cheque em branco III
Ao fazer uma análise mais profunda do projeto que foi encaminhado à Casa Legislativa, a Edil percebeu a necessidade de pedir uma revisão da proposta. E que faltavam informações fundamentais para que a Câmara aprovasse o Projeto de Lei como: qual o valor do empréstimo a ser contraído pelo município? A finalidade do empréstimo? Qual o prazo? Qual a capacidade de endividamento do município? E em quais instituições financeiras será feito o empréstimo?

Cheque em branco IV
Vale lembrar que o Projeto vai muito mais além das solicitações da nobre vereadora, pois tem em seu bojo a finalidade de: firmar contratos, convênios, contrair empréstimos, termos de confissão de dívida e ou novação de dívidas, termos de reconhecimento de débitos, termos de aditamento com todas as secretarias e órgãos federais, estaduais e municipais, bem como com o setor privado que prestem serviços públicos. E sabe qual a responsabilidade e compromisso do prefeito com a Câmara? Apresentar o relatório aos vereadores 15 dias depois de firmado, ou seja, já era, morreu Maria.

100 milhões em dívidas
Somente com a Previdência Social esse é o tamanho da responsabilidade financeira do Município de Porto Seguro segundo uma lista recentemente divulgada em que aparecem os maiores devedores, pra ser mais exato R$ 100.042.950,99 (cem milhões, quarenta e dois mil, novecentos e cinquenta reais e noventa e nove centavos). Aqui não entra o valor do INSS que geralmente é cinco ou seis vezes mais.

Medeiros Neto na frente
A nova administração municipal de Medeiros Neto, tendo à frente a Prefeita Jádina Paiva acaba de anunciar a data para o 29º Arraiá do Água Fria que ocorrerá entre os dias 16 e 18 de junho. Serão três dias de festa no circuito Avenida Oscar Cardoso / Praça Sete, que já se tornou uma tradição do festejo. Devido a Celebração e Procissão de Corpus Christi, a data do dia 15 de junho foi retirada do calendário do 29º Arraiá do Água Fria. Esse ano, além das atrações de grande porte, haverá o resgate da cultura e do forró, com concurso de quadrilhas, pau de sebo, quebra pote e a valorização do artista local, além da modernização da organização, com mudanças na logística, estacionamentos e reforço na segurança.

30 anos em Alerta
Estamos comemorando em 2017 os 30 anos de circulação do Jornal Alerta, e a partir desta edição editaremos alguns tópicos que foram noticiados na Coluna Bastidores, como a derrubada de dr. Wagner do poder em outubro de 1998.

Culpados e inocentes…
O episódio de afastamento de dr. Wagner pela Câmara de Vereadores de Teixeira de Freitas, acabou por deixar no ar a seguinte frase bíblica. “Quem não tiver pecado que atire a primeira pedra”.

Culpados e inocentes II…
De uma coisa sociedade teixeirense pode ter certeza, depois do incidente do afastamento muita gente pegou carona política no bonde que passava e aproveitaram para mudar de lado. A culpa não é de Temóteo, nem de dr. Wagner ou mesmo da Câmara. Existem sim envolvidos… Neste Caso?

Temóteo Brito
O prefeito dr. Wagner, ao se eleger, virou as costas para os companheiros que o ajudaram na eleição. Age como se tivesse sido nomeado Rei e não precisasse mais dos amigos e do povo que o elegeu.

Desabafo
“E entre ele e os amigos, prefeito ficar como os amigos e o povo da terra que tanto amo, pela qual tenho lutado e que ao longo dos últimos 34 anos ajudei a construir”.

Presenças
Nunca se viu tanta presença na Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, durante o episódio do afastamento do prefeito Wagner Mendonça, que sequer durou algumas horas. Houve até torcida organizada: time do “Tima” versus Wagner Mendonça “Pintos”.

Compartilhar

Faça um comentário!