“Abraãozinho”, natural de Nova   Viçosa é preso no Paraguai

Com mais dois supostos membros do PCC, armas e 60 mil dólares

27
Compartilhar

Nas últimas semanas uma ação da Polícia de Investigação Criminal do Paraguai culminou na prisão de dois suspeitos de integrarem a facção criminosa brasileira PCC (Primeiro Comando da Capital) e de um indivíduo apontado como um dos maiores traficantes do sul da Bahia, que tem sua área de atuação em Teixeira de Freitas, Nova Viçosa, Mucuri, Posto da Mata e Itabatã. A prisão aconteceu em Ciudad del Este, no momento que os acusados transitavam em dois carros, sendo um Volkswagen Gol, de cor branca e um Audi, de cor cinza, que estava sem placa.
Os suspeitos foram identificados como Antônio Abraão da Silva, o “Abraãozinho”, de 28 anos, que ultimamente vinha residindo em Posto da Mata/BA, José Félix da Silva e Rovilho Alekis Barboza, o “Bilão”, esse último que possuía um mandado em aberto no Brasil, por tráfico de drogas. Com os acusados foram encontrados, além dos veículos, um revólver calibre 38 municiado com 5 cartuchos, uma pistola “Ponto 40” e dois carregadores, um com oito munições e outro com 12, uma câmera digital profissional, 18 aparelhos celulares e mais de US$ 60.000 (sessenta mil dólares).
Segundo a Polícia do Paraguai, o trio é suspeito de fazer parte do PCC, e estaria no país comprando drogas e armas. Os veículos e todos os materiais apreendidos foram conduzidos e apresentados na sede da Polícia de Alto Paraná. O Ministério Público foi acionado e também acompanha o caso. A Polícia paraguaia segue investigando o trio e outros comparsas que supostamente estariam no país. Reportagem relacionada
Considerado um dos criminosos mais perigosos da região, Abraãozinho é preso em posse de carro de luxo roubado
Segundo o delegado Marco Antônio Neves, titular da Delegacia Especializada de Tóxicos e Entorpecentes de Teixeira de Freitas (DTE), os passos de Antônio Abraão da Silva, o “Abraãozinho”, que se passava por comerciante do ramo de material de construção em Posto da Mata, no município de Nova Viçosa, vinha sendo monitorado há meses, pois os dados levantados preliminarmente davam conta que o mesmo ganhava dinheiro com o crime.
E no início da noite de segunda-feira, dia 13 de outubro de 2014, uma equipe de agentes liderada pelo delegado Marco Antônio, deslocou-se ao distrito de Posto da Mata, onde de imediato conseguiu localizar e prender o acusado, que por sinal já possuía um mandado de prisão decretado em seu desfavor.
Em posse de “Abraãozinho” os policiais encontraram armas, munições e um Hyundai Veloster, carro de luxo, que possui restrição de roubo. Para o delegado Marco Antônio Neves, a atividade comercial do acusado era apenas de “fachada”, tanto que o depósito de material de construção que o mesmo ostentava, estava fechado há seis meses.
Em seguida à prisão, Antônio Abraão da Silva, o “Abraãozinho”, foi conduzido à carceragem da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde permanece custodiado.
Além do mandado de prisão, relata o delegado Marco Antônio, o homem preso é suspeito em envolvimento no tráfico de drogas, homicídio e porte ilegal de arma de fogo.  Por Ronildo Brito do site Teixeiranews.

Compartilhar

Faça um comentário!